João Pessoa, 22 de Novembro de 2017

05 de Janeiro de 2017

Diretor explica veto a pacientes em Lagoa de Dentro/PB

Diretor explica veto a pacientes em Lagoa de Dentro/PB

Informe de hospital na PB que veta atendimento a pacientes de cidades gera revolta; diretor explica

Causou revolta o comunicado emitido pela direção de um hospital, em Lagoa de Dentro, no interior da Paraíba, que vetou, desde o primeiro dia da nova administração, o atendimento de quaisquer pacientes advindos dos municípios vizinhos.

A medita atingiria os moradores dos municípios de Duas Estradas, Sertãozinho, Serra da Raiz, Caiçara, Pedro Régis e Jacaraú.

Conforme o comunicado, eles não podem ser atendidos na referida unidade de saúde a não ser que tenham uma prévia autorização dos seus respectivos prefeitos.

Diante da repercussão negativa o diretor do Hospital Estadual de Lagoa de Dentro, Antonio Fernandes, alegou má interpretação do texto e admitiu a culpa pelas informações terem sido passadas de forma restrita.

Segundo o diretor, os atendimentos que estão proibidos são os ambulatoriais, atendimentos básicos que devem e são de obrigação dos postos de saúde dessas referidas cidades.




Redação





Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.