João Pessoa, 23 de Fevereiro de 2017

11 de Janeiro de 2017

Vereadores vistoriam obra atrasada

Vereadores vistoriam obra atrasada

Os vereadores de João Pessoa que fazem parte da bancada de oposição foram na Avenida Beira-Rio na manhã desta quarta-feira (11). Eles foram vistoriar uma obra no local que está a menos de um mês do 1° aniversário de atraso.

O PB Agora já tinha registrado o atraso dessa obra em várias reportagens e os parlamentares resolveram levar uma comissão para fiscalizar os motivos do atraso e andamento da obra.

Estiveram no local os vereadores Tibério Limeira (PSB), Sandra Marrocos (PSB), Marcos Henriques (PT), João dos Santos (PR), Léo Bezerra (PSB), Bruno Farias (PSB) e Eduardo Carneiro (PRTB). O secretário de Infraestrutura Cássio Andrade, também acompanhou a vistoria.

O vereador Eduardo Carneiro disse que essa é apenas a primeira de uma série de visitas que a oposição pretende fazer a obras na cidade. Ele lamentou a lentidão na entrega da ponte e disse que a falta de informações tem deixado a população preocupada. “Essa é uma obra que já se arrasta desde 2014. A população já não agüenta mais tanta demora para ver a obra pronta, já que a primeira etapa ainda será finalizada em março”, afirmou.

Eduardo disse ainda que outra preocupação é a questão do impacto ambiental no local, principalmente em relação ao Rio Jaguaribe, que já se encontra numa situação preocupante em várias partes ao longo de seu curso.

O parlamentar cobrou também que seja feito o reflorestamento das árvores que foram derrubadas no local. “É preciso que a Prefeitura promova o replantio das árvores derrubadas e dê o devido tratamento ao Rio Jaguaribe, que sem dúvida nenhuma é um importante patrimônio da nossa cidade”, arrematou.




















Redação com Paraibajá e assessoria



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.