João Pessoa, 29 de Março de 2017

11 de Janeiro de 2017

Tarifa de ônibus em Campina Grande deve sofrer reajuste este mês

Tarifa de ônibus em Campina Grande deve sofrer reajuste este mês

Mais um reajuste deve pesar no bolso do campinense. A tarifa do transporte coletivo vai subir. O diretor da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), Félix Neto, confirmou na manhã desta quarta-feira (11) que recebeu uma provocação do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Sitrans) para reajustar a passagem de ônibus no município. Atualmente a tarifa custa R$ 2,75.

Segundo Félix, o Sitrans, através de uma planilha de gastos encaminhada para a STTP, sugere a nova tarifa em torno de R$ 3,00.

O superintende explicou que nada está definido e que o valor deverá ser discutido com a população em reuniões.

– Recebemos a proposta com cautela e vamos analisar a planilha com o setor técnico da STTP e com a população em geral. As universidades serão convidadas para analisar a planilha também – declarou.

A data da reunião para discutir a nova tarifa ainda não está definida. O Sitrans justifica a necessidade de aumento devido ao encarecimento dos insumos para realização do serviço.

Após apreciação do Conselho Municipal de Transportes de Campina Grade (Comut), a tarifa deve ser sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Campina Grande (Sitrans), Anchieta Bernadino, afirmou na manhã desta quarta-feira (11) que a tarifa de ônibus, de atualmente R$ 2,75, deve subir na cidade.

Segundo o presidente do sindicato, o aumento é contratual e inevitável.

– O aumento é uma obrigação contratual. Tem uma cláusula que diz que toda vez que os insumos ficarem mais caros, a tarifa deve aumentar e isso acontece em dezembro ou janeiro. O aumento acontece no Brasil todo, seja em Campina Grande ou João Pessoa – explicou.


Redação



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.