João Pessoa, 30 de Maio de 2017

17 de Fevereiro de 2017

Grupo armado assalta três carros-fortes na BR-230, próximo a Cajá

 Grupo armado assalta três carros-fortes na BR-230, próximo a Cajá

Três carros-fortes usados para transporte de valores foi abordado por criminosos na manhã desta sexta-feira (17), no distrito de Cajá, em Caldas Brandão, município do Agreste da Paraíba. Os bandidos ainda segundo informações iniciais estavam portando escopetas calibre 50.


Segundo dados da Policia Rodoviária Federal (PRF) Três carros-fortes foram alvo de quadrilha composta por aproximadamente 10 elementos muito bem armados. O fato ocorreu no km 89 da BR 230, próximo ao acesso para Itabaiana, no Cajá (sentido João Pessoa).


A PRF assim que soube da ocorrência deu início à resposta, mas, devido à desvantagem numérica (dois policiais) naquele instante, não foi possível evitar a fuga da quadrilha, que seguiram sentido Campina Grande. PRF e PM montaram um cerco na tentativa de prendê-los. Quatro veículos foram usados pela quadrilha (Um Toyota Rav 4, duas pick ups Hilux e um provável Honda Civic).


Não se tem ainda informações da PRF ou da empresa ‘Preserve’ no tocante a valores levados, porém o fato levantou a curiosidade de muitos moradores da localidade que estão no momento vendo os carros-fortes abandonados as margens de uma estrada. A PRF não tem ainda os suspeitos do crime, mas estão fazendo diligencias pela região.























































PB Agora

Fotos reprodução Whatsapp



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.