João Pessoa, 21 de Julho de 2017

14 de Março de 2017

Rodolpho Carlos poderia ter evitado acidente, diz perícia

Rodolpho Carlos poderia ter evitado acidente, diz perícia

A Polícia Cientifica da Paraíba concluiu nesta terça-feira (14) o laudo da reconstituição do acidente que vitimou o agente de trânsito da Lei Seca Diogo Nascimento. A

De acordo com a perícia, o carro conduzido por Rodolpho Carlos estava a 60 Km/h, porém, a velocidade máxima permitida no local era de 50 km/h, o que já comprovaria um excesso de velocidade em relação ao trecho trafegado.

O laudo concluiu principalmente que o condutor Rodolpho Carlos teve condições de evitar o acidente, se quisesse. "Ele tinha todas as condições de enxergar o agente de trânsito”, afirmou o perito Herbet Boson.

Rodolpho Carlos segue em liberdade após concessão de Habeas Corpus.


PB Agora




Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.