João Pessoa, 23 de Setembro de 2017

16 de Março de 2017

Em cinco anos câncer já fez 712 vítimas na Paraíba

 Em cinco anos câncer já fez 712 vítimas na Paraíba

No Brasil, é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres, ficando atrás apenas do câncer de mama. Enquanto nos homens ocupa a terceira posição. O câncer colorretal, que inclui um dos segmentos do intestino grosso (o cólon) e o reto, é um dos tumores mais frequentes no mundo.

Muitas vezes ele pode passar despercebido por não apresentar sintomas. Sua incidência maior é em pessoas acima dos 50 anos de idade. Na Paraíba, a doença é a quinta entre os homens e a sexta entre as mulheres. Por ano, a estimativa é de 270 novos casos da doença no Estado conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Em cinco anos, 712 pessoas morreram na Paraíba em consequência dessa neoplasia. Este mês é dedicado a conscientização do câncer colorretal. Esse tipo de câncer é tratável e na maioria das vezes curável se detectado precocemente. Nos casos em que os sintomas aparecem, os principais são sangramento nas fezes, alterações do hábito intestinal e dor abdominal.

De acordo com o cirurgião do aparelho digestivo, Tarcísio Carneiro, os fatores que possibilitam o surgimento da doença são o envelhecimento (pessoas acima de 50 anos tem maior probabilidade), histórico familiar e alimentação inadequada.

Redação com Inca



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.