João Pessoa, 28 de Maio de 2017

16 de Março de 2017

TRE absolve Ricardo da acusação de uso da máquina em 2014

TRE absolve Ricardo da acusação de uso da máquina em 2014

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) absolveu nesta quinta-feira (16) o governador da Paraíba Ricardo Coutinho da acusação de uso da máquina pública nas eleições de 2014. A ação pedia a cassação do governador e foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral.

De acordo com informações, a ação estaria relacionada a uma reunião promovida pela então gerente da 13ª Região de Ensino, Nininha Lucena, com prestadores de serviço em prol de fazer campanha para a eleição de Ricardo Coutinho.

Segundo decisão do Tribunal, "não se demonstrou em nenhum momento quaisquer fatos que denotassem conduta vedada", declarou o relator do processo o juiz Breno Wanderley. O próprio Ministério Público Eleitoral pediu a improcedência da ação.

Na mesma sessão que absolveu Ricardo Coutinho, o TRE julgou uma ação contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o tribunal também optou pela absolvição.

Segundo a ação, a mãe do então prefeito de Mamanguape, secretária de Direitos Humanos na época, teria ameaçado cursistas com o fechamento de serviços que são prestados naquele município caso Cássio não fosse eleito. A então secretária declarou que não houve nenhuma responsabilidade do candidato (Cássio). O senador alegou inexistência de provas dos fatos alegados e pediu a improcedencia da ação.

PB Agora



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.