João Pessoa, 21 de Outubro de 2017

19 de Março de 2017

HOJE: Treze e Campinense disputam clássico número 400 em CG

HOJE: Treze e Campinense disputam clássico número 400 em CG

 Será o jogo de número 400 e acirra uma rivalidade histórica que atravessa mais de 50 anos. Sempre aguardado com muita expectativa pela torcida, Treze e Campinense voltam a medir forças neste domingo as 16h no estádio O Amigo, e protagonizar um duelo que promete mexer com os nervos e corações de alvinegros e rubro-negros.

Os dois times vivem momentos parecidos no Campeonato Paraibano, e iniciam o duelo no G4. A Raposa que no meio de semana venceu o Auto Esporte por 5 x 3, ocupa a 2ª colocação com 25 pontos, enquanto o Galo é o 4º na tabela com 18 pontos. Quem vencer o clássico dará um gigantesco passo para conquistar a classificação.

O jogo no entanto, não será fácil para os dois times. O Galo que detentor do mando de campo, tem como armas para vencer o rival, os meios Marcelinho Paraíba e Roger Gaúcho, sendo que este último, que pela primeira vez vai jogar contra o seu ex clube. Sabendo da importância para o confronto, o técnico Celson Teixeira fez mistérios durante a semana, e fechou os portões nos treinos. A equipe no entanto, deve ser a mesma que no meio de semana, empatou com o Sousa em 0 x 0.

Para o Campinense, a vitória diante do rival, vale mais que três pontos e a chance aproximar-se do líder Botafogo (PB). A Raposa quer manter um tabu que já dura mais de três anos sem perder para o maior rival.

Agora são 12 jogos, contando com a disputa da “Taça dos 150 Anos de Campina Grande”, três anos e oito meses, sem perder para o maior rival. São seis vitórias do Campinense e seis empates entre as duas equipes. A última vez que o Campinense perdeu para o Treze foi em 2013, quando o time foi eliminado nas semifinais do Campeonato Paraibano e ficou sem calendário no resto daquele ano. De lá para cá, só deu ou Campinense ou empate. Em 2016, os dois times se enfrentaram cinco vezes com três vitórias raposeiras e dois empates. O último duelo entre os dois disputados na primeira fase do Estadual deste ano, terminou empatado em 1 x 1.

O dérbi deste domingo será o 400º Clássico dos Maiorais. E a vantagem é do Alvinegro que soma 135 vitórias contra 107 do Rubro-Negro. O número de empates é de 157. O Galo marcou 492 gois contra 445 anotados pela Raposa.

Conforme essa contagem, o Galo tem 135 vitórias, aconteceram 157 empates e o Campinense venceu 107 vezes, com 492 gols alvinegros e 445 tentos rubro-negros.

Pelo estadual, Campinense e Treze já se enfrentaram 224 vezes. A vantagem continua sendo do Galo, com 71 vitórias (252 gols). A Raposa acumula 69 triunfos (240 gols) e estão registrados 94 empates.

Neste domingo, quando a bola começar a rolar, um novo capítulo será inscrito nessa rivalidade épica.Do lado do Campinense o técnico Sérgio China, reclamou d sequência de jogos da Raposa que segundo ele, provocou um desgaste no elenco. Para esse jogo, válido pela 14º rodada do Estadual, Sérgio China deve contar com a volta de alguns jogadores que estavam no Departamento Médico, a exemplo do volante Negreti e do zagueiro Gabriel Valongo. O time no entanto, não deve ter mudanças em relação que vem jogando.

A Raposa deve entrar em campo com Glédson, Joécio, Fabinho (Duda), Osvaldir e Negreti; Fernando Pires, Magno (João Paulo), Diego Torres e Augusto; Casagrande (Fábio Gama) e Maranhão.

No Treze apesar do mistério feito pela técnico Celso Teixeira, também deverá ter poucas mudanças. A dúvida do treinador deve ser em escalar os homens de frente, visto que Dico pode voltar e tomar a vaga de um dos meio campistas que jogaram improvisados no meio de semana.

O Galo deve começar jogando com Diego Martins, Ferreira, Ítalo, Laerte e Jefferson Sandes (Júlio Machado); Patick, Robson e Dedé (Rafael Araújo); Marcelinho Paraíba (Érico Júnior), Jean Carlo e Roger Gaúcho.


Severino Lopes

PB Agora



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.