João Pessoa, 23 de Setembro de 2017

20 de Março de 2017

Levantamento aponta que gestão anterior deixou 34 obras inacabadas em Conde

 A Prefeitura Municipal de Conde, através da Secretaria de Infraestrutura, realizou um mapeamento de todas as obras municipais que se encontram paralisadas na cidade. O intuito do levantamento, de acordo com o secretário de Infraestrutura Fabiano Medeiros é tentar conseguir aditivo de prazo pelo governo federal para que as obras sejam retomadas.


Fabiano ainda informou que a prefeita Márcia Lucena viajou à Brasília para realizar reuniões nos Ministérios na busca da dilatação do prazo para o retorno das obras que são essenciais ao Conde.


"Estamos fazendo um levantamento de todas as obras paralisadas na cidade que foram herdadas da gestão passada. São cerca de 34 convênios onde em média 80% delas se encontram com o prazo de validade vencido, ou seja, os recursos destinados para a obra estão bloqueados. Então a prefeita Márcia viajou para Brasília para buscar o retorno destas obras com aditivo de prazo pelo governo federal," explicou.


Fabiano ainda informou que as obras que se encontravam ainda dentro do prazo já foram retomadas pela prefeitura.


"Outras obras que os prazos ainda estão em condição vigente, nós já começamos a retomar as obras como é o caso do abastecimento de água do distrito de Gurugi e as UBS de Mata da Chica e do Centro de Conde" revelou.


Com relação a outro anseio da população, a UPA da cidade, o secretário declarou que além do prazo determinado para a obra, a gestão anterior ainda teve uma dilatação de 210 dias, mas mesmo assim, o prazo para a conclusão da unidade de saúde venceu.


"A UPA nós encontramos ela com o convênio vencido apesar do aditivo de 210 dias, então a prefeita Márcia também vai tentar em Brasília ver se consegue mais um aditivo de prazo para que possamos dar continuidade a UPA. Também está sendo feita uma auditoria, pois foi verificado desvio de finalidade de verba e precisamos de uma parecer técnico para saber se esse desvio é legal" pontuou.


O secretário ainda destacou a transferência que a gestão de Márcia Lucena está trazendo para a cidade de Conde.


"A prefeita e todos nós que fazemos parte do secretariado estamos preocupados com a legalidade das obras, por isso procuramos prestar esclarecimento à população de Conde pra que eles entendam que ninguém vai deixar nenhum 'elefante branco', mas que precisamos primeiramente saber exatamente o que acontece no nosso município" concluiu.


Redação com Secom





Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.