João Pessoa, 19 de Novembro de 2017

12 de Maio de 2017

Ataque cibernético atinge empresas e hospitais na Europa

Ataque cibernético atinge empresas e hospitais na Europa

Nesta sexta-feira (12), um ataque cibernético atingiu empresas e hospitais de vários países da Europa. Há relatos na Espanha, Inglaterra e Portugal.

O britânico The Guardian afirma que, segundo o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido, vários hospitais foram atingidos pelo ataque de grande escala. "Seus computadores agora estão sob nosso controle", diz um trecho da mensagem, conforme reportou um médico nas redes sociais. A mesma mensagem já aparecia nas máquinas da empresa espanhola Telefónica.

De acordo com o jornal El País, o software fez com que as telas dos equipamentos ficasse azul, não sendo possível realizar qualquer tarefa. Foi ainda noticiado que o mesmo vírus teria afetado equipamentos informáticos de empresas como a consultora KPMG, o banco BBVA, a Iberdrola e a Vodafone. A companhia Telefónica foi obrigada a desligar os computadores da sua sede central em Madri, depois de detetar um vírus que bloqueou alguns equipamentos.

A imprensa espanhola afirmou que o vírus desconhecido parou os computadores.Uma mensagem aparecia pedindo o pagamento de uma quantia em bitcoins, uma moeda virtual.

O Diário de Notícias de Portugal afirma que várias empresas do país foram atingidas pelo ataque cibernético. O DN afirma que vários serviços da PT, EDP, Santander e a consultora KPMG foram afetados e os funcionários das empresas estão recebendo alertas sobre o vírus que tenta "invadir" os computadores para roubar seus arquivos, exigindo depois um "resgate" em bitcoin para devolver.

O vírus afeta apenas quem utiliza os sistemas da Microsoft. O ataque aproveita uma vulnerabilidade de um protocolo chamado SMB, estendendo-se depois a outras máquinas Windows na mesma rede.


Jornal do Brasil



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.