João Pessoa, 19 de Novembro de 2017

16 de Maio de 2017

2018: nome de RC e de Azevêdo começa a ganhar força no PSB e pode firmar dobradinha

João Azevêdo para o Governo do Estado e Ricardo Coutinho para o Senado Federal. Foi essa a chapa defendida pela secretária de Desenvolvimento Humano da administração estadual, a professora Cida Ramos (PSB), em entrevista nesta segunda-feira (15).

Segundo ela, esses são alguns dos bons nomes que o partido tem para ocupar essas duas vagas no próximo pleito estadual. Azevêdo, conforme Cida, é o nome mais forte e que reúne melhores condições para o embate estadual. Já Ricardo, para ela, é o melhor candidato ao Senado que o partido poderia desfrutar.

“O PSB tem diversos nomes. Acho que é um grande nome, o nome do secretário João Azevedo. Ele esteve candidato a prefeito, mas na ocasião o próprio governo achou que não era o momento dele. Achou que ele devia continuar na gestão estadual porque a saída dele significaria uma queda em termos de investimento em infraestrutura que o governo do estado estava fazendo e em função disso eu o substituí. Mas é inegável que João é um dos secretários que mais conhece o Estado da Paraíba e está pronto para o embate”, disse.

E continuou: “João acompanhou Ricardo em todos os investimentos estruturais da Paraíba. Ele conhece o projeto e conhece o governo por dentro, então é um dos nomes que se coloca aí e eu gostaria muito que ele fosse escolhido candidato a governador. É o nome mais forte e que reúne melhores condições, assim como na minha opinião eu acho que Ricardo tem que sair candidato a senador. Uns dizem que não, mas eu defendo Ricardo para o Senado”.


O PROJETO

Diferente de outras agremiações, o PSB, conforme Cida, luta por ideais e não por perpetuação de familiares não política. Tanto é que ousa, lançando nomes que representam esse projeto como opção para o eleitorado.

“O PSB e quem compõe a equipe de Ricardo sabe que nós não trabalhamos meramente para ganhar uma eleição. Nosso projeto é maior. Por isso que eu digo, nós temos na eleição um projeto para o Estado, como tínhamos para a cidade de João Pessoa. Eu fui candidata por um projeto, que naquele momento os companheiros acharam que o melhor nome que poderia representar o projeto e realizar um trabalho nos moldes do que já tinha sido feito pelo PSB, era o meu nome. Tivemos 33% dos votos. Me sinto uma vitoriosa porque do ponto de vista da política tradicional eu não vinha com um currículo de ter ocupado cargos, de ter parentes influentes. O que eu ostentava era a disposição de construir e de fazer uma João Pessoa diferente em termos de saúde, educação, e das diversas áreas”, ressaltou.

Em 2014, nas eleições estaduais, o companheiro de chapa do governador Ricardo Coutinho (PSB) era o irmão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), o então presidente do PT, Lucélio Cartaxo. Com o apoio de Ricardo, Lucélio ganhou espaço e acabou abarcando a segunda colocação na disputa pelo Senado Federal, mas acabou ficando fora das vagas por havia apenas uma cadeira em jogo.




PB Agora




Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.