João Pessoa, 21 de Outubro de 2017

17 de Maio de 2017

Guarda Municipal da PMJP vira anexo da CMJP para coibir protesto do povo na 'casa do povo'

 Guarda Municipal da PMJP vira anexo da CMJP para coibir protesto do povo na

Pelo segundo dia consecutivo a Guarda Municipal da prefeitura municipal de João Pessoa montou seu pelotão dentro e fora da Câmara Municipal, também conhecida como “casa do povo”, no intuito de coibir os protestos do “povo”.

Dezenas de agentes de Saúde tomaram as galerias da Casa de Napoleão Laureano, na manhã de ontem, terça-feira (16) para protestar contra a gestão Luciano Cartaxo (PSD), que nem recebe a categoria nem acena para algum acordo.

Para piorar a situação, o líder do prefeito, vereador Helton Renê acusou os agentes de fazerem um cavalo de batalha apenas para “manchar” a imagem do prefeito.


Segundo a reportagem do PB Agora pôde comprovar, nesta quarta-feira (17), dois carros grandes da Guarda Municipal estavam montando Guarda em frente à sede do parlamento e cerca de dez guardas estavam na porta de entrada da Câmara  

Para o vereador Humberto Pontes, do Avante, o protesto dos agentes de saúde foi pacífico e ordeiro, não necessitando de maiores intervenções. Ele ainda lamentou o fato de a gestão Cartaxo tentar jogar para a Câmara a responsabilidade de dialogar com os agentes, quando apenas a sua gestão é quem pode dar a solução para o problema que ela mesma criou.


“Nós, vereadores de oposição, não temos responsabilidade pelo que está acontecendo. Quem tem responsabilidade é o prefeito. Se ele recebesse os funcionários, tivesse a coragem de dialogar, nada disso teria acontecido. E agora ele está transferindo para Câmara um problema que é da gestão municipal. Todavia, nós, enquanto representantes da classe trabalhadora, estamos trazendo aqui o espaço que eles não tem no governo”, disse.





PB Agora



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.