João Pessoa, 27 de Maio de 2017

17 de Maio de 2017

Foto em sítio em Atibaia mostra Lula e ex-presidente da OAS juntos

Foto em sítio em Atibaia mostra Lula e ex-presidente da OAS juntos

Uma foto no qual o ex-presidente Lula aparece ao lado do então presidente da empreiteira OAS, Leo Pinheiro, foi anexada às investigações da Operação Lava Jato. A Polícia Federal investiga a propriedade do sítio em Atibaia e o Ministério Público Federal vê indícios de que o sítio pertence ao ex-presidente. Segundo a PF, a foto comprova a relação de Lula com o empreiteiro, acusado de realizar o pagamento de propinas para se beneficiar de obras na Petrobras.

No último depoimento prestado ao juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, no dia 10, o ex-presidente admitiu que se encontrou com o ex-presidente da OAS, para tratar de obras na cozinha do sítio, mas que a reunião aconteceu em seu apartamento, em São Bernardo do Campo, afirma o jornal "O Globo". Ainda segundo a PF, no mesmo dia em que a foto foi tirada, Lula teria se reunido, também no sítio, com o ex-diretor da OAS, Paulo Gordilho.



A força-tarefa da Lava-Jato afirma que o sítio, que está em nome de dois sócios de um dos filhos de Lula, Fábio Luís, foi reformado pelas empreiteiras OAS e Odebrecht para o ex-presidente Lula, que eles acreditam ser o real proprietário do imóvel.

Por meio de nota, os advogados de defesa do ex-presidente Lula dizem que os documentos nada provam, “seja pelo conteúdo, seja pela discutível idoneidade”. “Os papéis — mesmo sem qualquer relevância para a ação — fazem parte da tentativa de Leo Pinheiro de agradar os procuradores em troca do destravamento de sua delação, para que ele possa obter benefícios”, afirmaram os advogados do ex-presidente Lula.


Notícias ao Minuto



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.