João Pessoa, 16 de Agosto de 2017

19 de Maio de 2017

Delação: executivo da JBS cita propina de R$ 8 mi a Vital do Rêgo

Delação: executivo da JBS cita propina de R$ 8 mi a Vital do Rêgo

 Executivo da JBS confirma compra de oito senadores nas eleições de 2014 e cita Vital do Rêgo, hoje ministro do TCU, entre beneficiados


A ramificação da propina chegou à Paraíba e foi divulgada de forma pública, na edição do Jornal Hoje, da Rede Globo de Televisão, no noticiário desta sexta-feira (19).

Segundo o executivo da JBS, Ricardo Saud, pelo menos oito senadores foram beneficiados com o esquema, entre eles o paraibano Vital do Rêgo Filho, do PMDB da Paraíba, que hoje ocupa o cargo vitalício de Ministro do Tribunal de Contas da União.

O parlamentar teria sido um dos oito da ala peemedebista que recebeu milhões nas eleições de 2014. Os recursos foram repassados aos senadores de várias formas, dentre elas, por doação oficial, por nota frias e até mesmo em espécie.


Pelo relato de Saud, foi o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega que pediu a Joesley Batista que repassasse R$ 35 milhões a seis senadores do PMDB: R$ 2 milhões para Valdir Raupp, R$ 8 milhões para Renan Calheiros, R$ 8 milhões para Eduardo Braga, R$ 8 milhões para Vital do Rêgo do PMDB da Paraíba, R$ 8 milhões para Jader Barbalho e R$ 1 milhão para o PMDB do Tocantins.


Vital do Rêgo ainda não se pronunciou sobre a citação de seu nome em mais um escândalo envolvendo recebimento de propina.



PB Agora



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.