João Pessoa, 28 de Julho de 2017

17 de Julho de 2017

Com omissão da PMJP, poluição visual enfeia João Pessoa

Com omissão da PMJP, poluição visual enfeia João Pessoa

 As principais avenidas de João Pessoa estão poluídas com placas de publicidades, cartazes, outdoor, painéis luminosos e propagandas que ferem o Código de Posturas do Município no que diz respeito a poluição visual. O secretário do Desenvolvimento Urbano, João Furtado, disse que desde que foi criado o Código de Posturas do Município, já foram retirados mais de 100 outdoors de locais inapropriados.

Pelo código, tanto os outdoors como os painéis luminosos têm que estar em locais padronizados conforme manda a lei, mas o desrespeito por parte de comerciantes e empresários é constante. "Por não termos fiscais suficientes para combater esse tipo de poluição, a fiscalização atua mais após denúncias da população", enfatizou João Furtado.

Em avenidas como Epitácio Pessoa, Retão de Manaíra, Josefa taveira e no centro de João Pessoa, a poluição visual é tão forte que chama a atenção de motoristas e pedestres, principalmente próximo aos semáforos.

O objetivo dos outdoors e painéis é atrair clientes para que todos comprem os produtos anunciados. Nas Avenidas Josefa Taveira, Ruy Carneiro, na principal dos Bancários a poluição visual tem se multiplicado e perturba os moradores porque os anúncios ficam praticamente um em cima do outro confundindo as pessoas e deixando a cidade mais feia. Nas ruas do centro da cidade, as denúncias de poluição visual são mais contundentes aos cartazes de shows que são pregados em tapumes em frente a Igreja das Mercês.




De acordo com o secretário do Desenvolvimento Urbano, João Furtado, como a prefeitura não tem fiscais suficientes para combater a poluição visual na cidade, já que ela está presente em praticamente em todos os bairros da cidade, o trabalho de fiscalização é realizado mais em cima de denúncias feitas por moradores.


Redação



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.