João Pessoa, 17 de Outubro de 2017

11 de Agosto de 2017

" Temer leva Brasil para mais uma década perdida"

“Com a coleção de recordes negativos, o Brasil caminha para uma nova década perdida. Para muitos economistas, a situação é pior do que a chamada década perdida dos anos 80. O governo Temer, que se acha o salvador da pátria, não oferece alternativas sólidas que possam recolocar o Brasil em um rumo que garanta estabilidade para a economia”.

A afirmação é do deputado estadual Frei Anastácio, ao fazer uma análise da atual situação do país. Segundo ele, o presidente golpista tenta passar para a população que o Brasil está caminhando muito bem, mas a situação é muito complicada.

O deputado apresentou dados econômicos mostrando a situação do Brasil. “Um dos pontos negativos é a perda de pontos de trabalho, com carteira assinada, considerada a partir da base de cálculo anual, que é a maior desde o ano de 2002”, disse o deputado.

O parlamentar disse que foram 1,5 milhão de empregos formais fechados em 2015 e 1,3 milhão em 2016. No acumulado de 2017, o país ainda continua com um saldo negativo. “A quantidade de brasileiros inadimplentes, inseridos nas instituições de controle do crédito, tipo, SERASA, é a mais alta desde 2012. Os alimentos nunca estiveram tão caros desde os idos do ano 2000. A taxa anual dos juros, cobrados pelas administradoras de cartões de crédito, é a maior desde 1995. Mas, o golpista diz que tudo anda muito bem”, afirmou.

Recuperação só em 2023

Frei Anastácio relata que o Brasil chega, atualmente, a ostentar a maior taxa de desemprego e a maior taxa de pobreza da história do país. “A previsão de recuperação da economia é só para 2023, segundo os economistas renomados do país. É o pior momento da economia brasileira. Crise atual do Brasil é a pior desde 1929, segundo vários economistas. O tão propagado crescimento de 1% do PIB no primeiro trimestre de 2017 em relação ao último trimestre de 2016, não passou de uma melhoria das atividades agropecuárias no período recente, após um momento de grande seca no país”,disse.

De acordo com o deputado, o governo pouco ou nada influenciou para que essa pequena melhora ocorresse. Em relação ao 1º trimestre do ano anterior, o PIB caiu 0,4%, o 12º resultado negativo seguido. Nesse governo a taxa de investimentos ficou em 15,6% do PIB, o menor patamar registrado em toda a série histórica, com início em 1996. A taxa de desemprego é de 13,7% e a população desocupada chegou a 14,2 milhões.

Queda da inflação

O petista afirma que a inflação tem caído em suas previsões não por uma melhoria do mercado, mas sim por uma grave retração do consumo, devido queda da ocupação e dos rendimentos. “O Governo golpista tenta melhorar a situação, piorando a vida dos brasileiros com reformas que só vão trazer mais prejuízos. Além de todo esse desastre econômico, o Brasil caminha para a destruição de direitos trabalhistas adquiridos com suor, sangue e lágrimas”, destacou.




Redação




Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.