João Pessoa, 16 de Agosto de 2017

12 de Agosto de 2017

Polícia prende homem suspeito de praticar estupro em João Pessoa

 Polícia prende homem suspeito de praticar estupro em João Pessoa

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) na Zona Norte de João Pessoa, prendeu, na manhã desta sexta-feira (11), o morador de rua identificado como Lucimário Luna da Silva, 34 anos, suspeito de praticar crime de estupro contra uma mulher de 48 anos. A prisão aconteceu por cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da Capital.

De acordo com a delegada Josenice Andrade, o crime aconteceu na manhã do dia 28 de julho deste ano, por volta das 6h, no bairro Expedicionários. A vítima se dirigia ao trabalho quando foi abordada pelo homem, que a estuprou em um recuo de calçada de um estabelecimento comercial. “O trabalho de investigação foi intenso e iniciado logo após a ocorrência, com a realização de exames por parte do Instituto de Polícia Científica, confecção de retrato falado do suspeito e diligências, a fim de localizar e prender Lucimário”, afirmou a autoridade policial.

As imagens do circuito de segurança de um estabelecimento comercial ajudaram a polícia na identificação do suspeito. Lucimário foi preso na Avenida Epitácio Pessoa e no momento da abordagem policial confirmou ter praticado o estupro e levou os agentes de investigação da Delegacia Especializada da Mulher até o local onde o crime aconteceu. Na delegacia, a vítima o reconheceu. Lucimário vai aguardar na carceragem pela audiência de custódia. A polícia continua o trabalho de investigação para descobrir se o suspeito praticou outros estupros.




Redação



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.