João Pessoa, 17 de Novembro de 2017

08 de Setembro de 2017

Mais de 40 voos são cancelados para região atingida por furacão

Mais de 40 voos são cancelados para região atingida por furacão

 Pelo menos 45 voos que ligam aeroportos brasileiros nessa quinta-feira (7) até segunda-feira (11) para Miami e Orlando, nos Estados Unidos, e países do Caribe foram cancelados em razão do Furacão Irma. A maioria dos voos são da empresa American Airlines e Latam. Segundo a assessoria do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos, no total, seis decolagens da companhia americana foram canceladas: três ontem e três nesta sexta-feira (8). Também houve suspensão de embarques que sairiam de Miami para São Paulo, dois ontem e um hoje.

Do aeroporto paulista, outros dois voos da empresa Latam que sairiam de Guarulhos para Miami foram cancelados nesta sexta-feira, segundo a Concessionária GRU. A companhia de aviação também confirmou o cancelamento de um voo que retornaria da Flórida. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), seis aeroportos realizam voos para a região atingida pelo furacão.

O Aeroporto Internacional de Manaus cancelou um embarque que iria para Miami pela American Airlines. Do aeroporto de Belém, os passageiros que iriam para o Panamá pela Copa Arlines também não puderam embarcar. O voo faria conexão para as cidades Punta Cana, na República Dominicana; Havana, capital cubana; e Miami.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, confirmou o cancelamento de dois voos da American Airlines para Miami. Em Brasília, mais dois voos foram canceladospela mesma empresa. Na capital federal, há indicativo de que os cancelamentos continuem neste sábado (9), domingo (10) e segunda (11), suspendendo pelo menos três saídas, com retomada na terça-feira (12).

Os cancelamentos do Aeroporto Internacional Tom Jobim atingiram dois embarques, um da American Airlines e outro da Latam, ambos para Miami. A Latam informou que o voo previsto para retornar de Miami hoje (8) também foi suspenso. Ontem (7) um embarque da empresa americana para Miami foi cancelado.

Os ventos do Furacão Irma atingem cerca de 180 quilômetros por hora, o que equivale à categoria cinco. Quatorze mortes foram confirmadas, quatro nas Ilhas Virgens Americanas e dez na ilha franco-holandesa St. Martin. Hoje (8), o Irma deve alcançar as Bahamas e depois Cuba. A previsão é que ele chegue ao Sul da Flórida na madrugada de domingo (10), na categoria 5 ou baixar para a 4, ainda com ventos fortes.

Em nota, a American Airlines destacou que todos os embarques que sairiam do Aeroporto Internacional de Miami hoje (8) foram cancelados. “Os voos da companhia do Brasil para Nova Iorque (JFK), Los Angeles (LAX), Dallas/Fort Worth (DFW) não serão afetados”, informou. Para os brasileiros com viagens marcadas para Miami, a empresa orienta que eles devem checar os alertas de viagem no site da companhia para remarcação das passagens sem taxas adicionais.

A Latam informou que todos os voos previstos para este sábado (9) e domingo (10) terão que ser remarcados. No dia 9, três deles retornariam de Miami, sendo dois para São Paulo e um para o Rio de Janeiro. E quatro partiriam das cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo, Belém e Manaus para a cidade americana.

No domingo, serão 11 voos cancelados. Três deles de retorno de Miami, sendo dois para São Paulo, um para Belém e outro para Manaus. Dois saindo de Orlando para São Paulo e Rio de Janeiro. Três de São Paulo, sendo dois para Orlando e um para Miami. E dois do Rio de Janeiro, um para Orlando e outro para Miami. Também foi cancelado o voo na segunda-feira (11) de Orlando para São Paulo.

A empresa orienta os passageiros que programaram viagem até o dia 11 de setembro que consultem com antecedência a situação do voos no site da companhia.

Isto É



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.