João Pessoa, 19 de Outubro de 2017

05 de Outubro de 2017

Querem me chamar de garota de programa, chamem, rebate Xuxa

Querem me chamar de garota de programa, chamem, rebate Xuxa

 Após  ser alvo de críticas de José Luiz Datena por ter rebatido o filho do apresentador, Joel Datena, após ele ter apoiado a palmada na educação, Xuxa Meneghel fez uma transmissão ao vivo no Facebook em que voltou a se posicionar contra a violência infantil. Ela respondeu uma crítica de um internauta, que afirmou que se o filho não apanhasse em casa, apanharia na rua. "Como é que é? Seja de um policial, seja de quem for, se você for apanhar na rua você pode ir numa delegacia. Violência não tem que ser usada em lugar algum, isso é fato. Isso não cabe na minha cabeça", afirmou a namorada de Junno Andrade, com quem apareceu cantando em vídeo no Instagram.

Apresentadora recorda filme polêmico: 'Não tem problema'

Outro assunto abordado no vídeo foi o filme "Amor, Estranho Amor", pelo qual já perdeu um recurso contra o Google na Justiça. "Não gosta de mim, não tem problema. Querem me chamar de garota de programa, querem dizer que sou pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem. Aliás, gostaria que todo mundo visse o filme, é muito bom", afirmou a artista, citando ainda a polêmica de que teria um pacto com diabo para alcançar a fama: "Não me importo com isso. Meus advogados resolvem isso, pago muito bem eles. Todo mundo diz que eu não tenho Deus no coração. Só não tenho Deus no coração, como tenho Deus na vida o tempo todo. Vamos parar de falar que eu tenho pacto com alguma coisa, porque senão eu não teria tudo isso. Isso está velho demais, tenho Deus no Coração sim".

'Foi criada mais na escola do que comigo', afirma sobre Sasha

Outros internautas criticaram a criação da Sasha, por quem Xuxa já declarou que mudaria de país, argumentando que Xuxa teve uma vida tranquila pois a filha foi criada por outras pessoas. "Trabalhando do jeito que eu trabalho, tive uma babá pra continuar trabalhando e foi muito difícil deixar minha filha em casa sendo criada por outra pessoa. Foi mais criada na escola do que comigo. Fiquei bastante chateada com isso. Se você não gosta de mim, quer dizer que minha filha teve uma babá, diga na minha cara. Se vocês ficam chateados que minha filha está estudando nos Estados Unidos, num apartamento lindo, fala na minha cara", afirmou a loira.

Terra.com.br



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.